Identidade
A Biografia

  

O Atelier originou-se em 2005 com a união de Antonio Moreno e Monica Winnubst.  Os 2O anos de atuação de Antonio Moreno no meio da joalheria de autor e como professor, contou com a contribuição de Monica Winnubst com seus conhecimentos de arte, psicologia consultoria de processos e desenvolvimento humano.Suas idéias, e propositos  concretizaram  o conceito de Arte e Desenvolvimento.

Atuamos com respeito ao ser humano acreditando que a arte sensibiliza com sua qualidade estética  e poder transformador. O cliente se enriquece tanto participando do processo artístico, e de desenvolvimento, como na aquisição de uma peça de joalheria

 
O Conceito

 
Pedra – Arte e Desenvolvimento – por Monica Winnubst

A pedra é  o exemplo  de um desenvolvimento natural por sí só. Quando encontramos  uma pedra bruta nos surpreendemos com sua beleza natural e lembramos dos milhares de anos nos quais ela veio se transformando. Ela pode ser lapidada, e  com o metal ser uma  peça artística. Assim como o ser humano, pode continuar seu caminho de desenvolvimento no mundo das artes  e refletir cada vez melhor sua essência e sua missão.

 

Metal – Arte e Joalheria – por Antonio Moreno
O metal, como matéria prima bruta, já sofre sua primeira transformação quando se constroi uma liga. Numa próxima etapa surge a idéia da peça e seu desenho para viabilizá-la. Então, o metal sofrerá uma nova transformação com a intervenção humana, até o surgimento de sua forma final, uma joia artística.

 
Release Antonio Moreno

antonio_moreno Autor de jóias e professor de joalheria,  cria e confecciona peças exclusivas privilegiando o arrojo, a beleza estética e a arte. Dissemina a diversidade de técnicas que compõe a joalheria contemporânea e incentiva que seus alunos desenvolvam estilo próprio.

Desde 1990 vem aperfeiçoando-se na joalheria, e se caracteriza como criador de peças com materiais inusitados. Conhecido como aprendiz do mestre Bobby Stephanenko que foi conhecedor, pesquisador e defensor da autoria de jóias no Brasil.

Antonio Moreno continua propagando e resgatando o ofício desta  profissão acreditando na união das competências de criar e executar cada peça. O autor de jóias tem a capacidade de ter a idéia, de desenhá-la com detalhamento e com características ergonométricas mostrando  a viabilidade na execução. Tem domínio das  propriedades de todas as matérias primas que utiliza assim como do ferramental necessário sendo um facilitador durante o processo de execução.

Destacou-se como designer e autor de peças em joelheria em diferentes publicações e na mais recente, no livro: Joalheria Brasileira, do descobrimento ao séc. XX editado em agosto de 2008 por Mariana Magtaz.

Continua ensinado a joalheria,  explicando desde os princípios básicos até técnicas avançadas reforçando que  todo aluno pode tornar-se um autor de jóias, desde que exercite e queira desenvolver-se. Mais de 800 alunos podem comprovar sua habilidade e seus princípios, sendo que alguns continuam na profissão, outros  tornaram-se profissionais renomados ou professores.
 
Release Monica Winnubst

monica Designer e autora de jóias, especialista em expressões artísticas (aquarela, pintura e escultura). Utiliza a arte como instrumento de  apoio em processos de desenvolvimento e saúde humana. Acredita que a arte é  essencial na vida das pessoas como a educação que ajuda a formar o caráter do ser humano.

Formou-se como psicóloga, com especialização em consultoria de processos, no conhecimento da dinâmica grupal e está em formação como  terapeuta artística e em noções básicas médicas clínicas.

No âmbito profissional desenvolveu competências em processos de consultoria organizacional e de desenvolvimento individual como  coaching e diferentes formas de terapias. Há 12 anos trabalha em diversos segmentos da economia  nos três setores sócio econômicos no Brasil  

Vivenciou  diversidades culturais por residir na Holanda e em diferentes  cidades brasileiras, adquirindo amplas habilidades relacionais e de liderança.

Ciente que sua missão tem relação com o desenvolvimento e saúde humana acreditando que as pessoas são seres vivos e ricos em possibilidade de transformar-se. Tem-se engajado na disseminação da arte como recurso essencial para fortalecer a sensibilidade humana, o olhar estético, e além de outras, a competência tão necessária em qualquer profissão, a criatividade.